Sempre acompanho o blog e o twitter do Marcelo Miranda, CEO da BS Construtora Precon , acho seus posts muito pertinentes e procuro aprender um pouco com sua experiência.

A algum tempo atrás ele iniciou o TBC (Tirar a Bunda da Cadeira). Fiquei com isto na cabeça. Já fazem alguns dias que comecei a reparar nas atitudes (ou melhor, a falta dela) das pessoas com as quais eu convivo.

Após este período de reflexão e observação não consigo parar de pensar no TBC. Cada vez mais concordo com o que o Marcelo escreveu. (penso que ele também tenha passado por experiências semelhantes, que o levaram a iniciar a polêmica)

Na minha generalização (burra) não tenho outra opinião sobre o brasileiro e o “jeitinho brasileiro”, que não a de um povo folgado e preguiçoso. Sempre tentando levar vantagem, incapaz de fazer o “algo a mais.

GarfieldLazy-300x225

 

É triste notar as atitudes de uma pessoa que se acha inerente às tarefas do colega de trabalho ao lado. Cada vez mais precisamos trabalhar em equipe e nos preocupar com a saúde da Orgaização. Percebo no dia-a-dia que um colaborador com TBC = zero , funciona como uma câncer, capaz de contaminar e desmotivar o colega saudável ao lado.

Tendemos a nos concentrar apenas nas nossas “tarefas”, fazer o “arroz com feijão” e achar que isto está bom. Se preciso escrever 5 relatórios hoje e os terminei bem mais cedo do que o esperado, que ótimo. Tenho o resto da tarde livre. Pobre do meu colega que ainda está “agarrado” no terceiro.  FIZ O MEU PAPEL (?)

Temos que começar a agir e a pensar como verdadeiros sócios da Organização da qual fazemos parte. Dar um telefonema, procurar a solução de um problema de outra área da empresa, sugerir melhorias, RESOLVER O PROBLEMA ! Isto é ser DIFERENCIADO.

Experimente fazer algo a mais… Ofereça ajuda ! Questione, inove, faça acontecer. SEJA PROATIVO

Suas atitudes serão valorizadas e observadas pelo líder. Isto vai fazer a diferença. Você será recompensado.